-- De onde vens e para onde vais ?
-- Venho de Deus na escuridão e para Deus vou na Luz.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

As Noites Escuras do Caminho -Parte 12




PARTE 12

Noite escura do Espirito


Purificação activa da Memória

Metodos de mortificar a Memoria pela Esperança segundo S. João da Cruz





A Memória tem de ser mortificada porquê ?

Porque a memória traz consigo , imagens, formas e conteudos de coisas passadas que só prejudicam o caminho para Deus , as pessoas têm tendencia em se agarrar a essas imagens , formas e conteudos e assim não se abandonam ao verdadeiro caminho de nudez e despojamento necessários .

Porque se tem de purificar pela Esperança ?

Porque quem não tem memória , tem de ter alguma outra coisa a que se agarrar e essa coisa é a Esperança , a Esperança em algo que vai surgir , não do mundo , não do nosso ego mas de algo mais interior e sem a nossa vontade e acção .

Durante o caminho caimos frequentemente , essas quedas desanimam e sem uma Esperança forte para nos levantarmos de novo e prosseguirmos estariamos perdidos , é ela que nos limpa essas recordações da memória e nos incentiva e dá estímulo para prosseguirmos.

É a Esperança que se sobrepõe às memórias derrotistas e que nos incentiva para continuarmos, para nos levantarmos, para prosseguirmos até à próxima queda .

Se nós não conseguimos limpar as nossa quedas da nossa memória, então nunca vamos ter coragem para avançar.

Vamos pensar sempre: «Não vou ser capaz, já tentei e caí, vou sempre cair, nunca vou conseguir!»

Se não fosse a Esperança a trazer a sua pequena luz incondicional, não tentariamos nos levantar outra vez e sair dessas noites de escuridão completa .

Libertar-se das influencias ( apreensões ) sobre a Memória


Assim como vimos antes que temos de nos livrar das influencias sobre o Entendimento para o mortificar assim é com a Memória , temos de a libertar das várias influencias que se exercem sobre ela de modo a que a Esperança surja e tome conta do palco da nossa alma .

Existem 3 tipos de influencias sobre a Memória :

Naturais - Imaginárias e Sobrenaturais – Espirituais .

Influencias Naturais

As Naturais são noticias provenientes dos 5 sentidos que nos prendem a elas (imprimem sua marca em nós e não conseguimos nos libertar dessa ‘impressão’ ) e não permitem que sejamos ‘tocados ‘ por Deus .

Os toques de Deus na Memória ocorrem no cérebro onde a memória tem assento e ocasionam como que um esvair de recordações , uma perda de sentido que torna a memória ‘esquecidissima ‘ e aberta ao fluxo divino .

Ora se a memória está carregada de noticias , não está nua nem preparada para esses toques de Deus .
Alguns dizem que perder a memória seria embrutecer , regredir , esquecer-se das suas obras naturais como comer, beber , etc .

Aqui S. João da Cruz lembra que isso não acontece porque o vazio criado na memória é logo ‘preenchido’ pela intervenção divina que ‘toma conta’ das necessidades básicas do homem ‘esquecido’ , ele come , bebe , em suma opera os seus modos e necessidades não pela memória mas por uma ‘intervenção‘ que lhe surge .

Um exemplo , há que acudir a certa tarefa de que não nos lembramos , mas eis que ,sem saber como, recebemos um ‘toque ‘ de quando e como temos de acudir a essa tarefa sem haver prejuizo algum .

Quem nunca conduziu um carro e no final não se lembra de ter ‘conduzido’ apesar de termos chegado sãos e salvos ?
Houve um vazio na nossa memória que foi compensado por uns ‘toques –dicas’ de algo que nos ‘conduziu’ na verdade .

Em suma , há que ‘esquecer’ todas as noticias por via natural para que na memória não fiquem vestigios – residuos delas , para que não andemos com elas sempre atrás .

Ouçamos esta história Zen que nos descreve esta situação .


video


Quem ainda ‘transporta’ algo e não se despoja , é travado no caminho por perigos do mundo (juizos de valor bem-mal , verdadeiro ou falso , imperfeições , vicios, apetites, perdas de tempo) e do demónio ( com as suas tentações que nos podem afectar com a soberba, avareza, ira , invejas, etc ) .

Ou seja, há que calar as potências ( causadas pelo ‘vaguear’ da memoria ) para que Deus fale .

Como diz o povo , tudo o que os olhos não vêem , o coração não deseja .

O caminho faz-se sempre trocando o compreensivel pelo incompreensivel, o conhecido pelo desconhecido e isso só se pode fazer estando ‘livre’ ,sem andar a ‘transportar’ nada às costas .....estando tranquilo e em paz e levando tudo , agradavel ou agreste da mesma maneira .

Sem comentários:

Enviar um comentário